sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Deus cria a mãe

Postado por Renata Palombo
Escrito por Autor Desconhecido*
Fonte: Google Imagens


Minha irmã me indicou este texto de autoria desconhecida que ela leu em um livro chamado "Um reizinho entre nós" de Yasmin Garrido Bruno. É uma anologia bem bonitinha...
Deus chamou seu anjo mais querido e lhe apresentou o modelo de mãe. O anjo não gostou do que viu: "O senhor tem trabalhado muitas horas extras, já não sabe mais o que está fazendo", disse o anjo. "Olha só! Beijos especial que cura qualquer doença, seis pares de mãos para cozinhar, lavar, passar, acariciar, segurar, limpar. Isso não vai dar certo!"
"O problema não são as mãos", respondeu Deus. "São os três pares de olhos que precisei colocar: um que permite ver seu filho através de portas fechadas e protegê-lo de janelas abertas; outro para mostrar severidade na hora de dar uma educação sólida; e o terceiro para ficar constantemente demonstrando amor, ternura, apesar de todo o trabalho que ela terá!"
O anjo examinou o modelo de mãe com mais cuidado. "E isso aqui, o que é?" "Um dispositivo de autocura. Ela não terá tempo de ficar doente, vai ter de cuidar do marido, dos filhos, da casa." "Acho melhor o senhor descansar um pouco", disse o anjo. "E voltar para o modelo normal, com dois braços, um par de olhos etc."
Deus deu razão ao anjo. Depois de descansar, transformou a mãe numa mulher normal. Mas alertou o anjo: "Precisei colocar nela uma vontade tão grande, que se sentirá com seis braços, três pares de olhos, sistema de autocura. Ou não será capaz de dar conta da tarefa".
O anjo examinou-a de perto. Dessa vez, em sua opinião, Deus tinha acertado. De repente, notou uma falha: "Ela está vazando. Acho que o Senhor, de novo, colocou muita coisa nesse modelo".  "Não é um vazamento. Chama-se lágrima."
"Serve para quê?"
"Para alegria, tristeza, desapontamento, dor, orgulho, entusiasmo."
"O Senhor é um gênio, disse o anjo. "Era justamente o que estava faltando para um modelo completo."
Deus, com um ar sombrio, respondeu: "Não fui eu quem colocou. Quando eu juntei as peças, a lágrima apareceu".
Mesmo assim, o anjo deu parabéns ao Todo-Poderoso e as mães foram criadas.
Fonte: Bruno, Yasmim Garrido. 2003. Um reizinho entre nós. 
*Se você conhece o autor deste texto informe-nos para que possamos dar os devidos créditos.

4 comentários:

Juliana disse...

Muito legal mesmo. Realmente DEUS é mto perfeito e sabe exatamente como fazer as coisas.
Mas queria aproveitar e dizer q uma mae de sucesso tem tambem um pai de sucesso por tras... Eu sou mto grata ao meu companheiro q tem sido um paizao e sem ele, seria td bem mais dificil.

Karina disse...

É Ju, nem sempre... Eu e vc tivemos a sorte de termos ótimos companheiros, verdadeiros paizaos, mas tem muita Mae que nao tem esta sorte, por isto Deus dotou as mães de forma tão completa, pq se precisar ela dá conta sozinha do recado !

Célia disse...

Realmente Re, embora o pai seja o sacerdote do lar, a mãe é a sacerdotisa. Para ele (segundo dizem) ficarão as lições sobre impressionar o filho, influenciando-o a seguir ou não seu exemplo, para ela, ficarão as horas perdidas de sono, as febres, o acompanhar até a escola, as lições(sobre a vida e escolares), o amor que torna-se sem limites, passe o tempo que passar, por isso MÃE(boa parte das vezes ) é MULHER.

Juliana disse...

Ka e celia, vcs estao cobertas de razao. Por mais bom q seja a sorte de um bom companheiro, Deus fez maes independentes para darem conta do recado e isso tem sido evidencia diaria em minha vida

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...