domingo, 5 de fevereiro de 2012

Carta de Retratação

Postado e Escrito por Renata Palombo
Fonte: Google Imagens

Há poucos dias eu postei aqui no blog um texto com o título: Quem é especialista em sua criança?. Esse texto fala, entre outras coisas, que muitos pais têm buscado na internet soluções mágicas para os conflitos familiares, mas se esquecem que o Google não tem filhos.

Esse texto (Quem é especialista em sua criança?) não é meu, é da Rosely Saião, publicado na folha de São Paulo, mas eu postei ele no meu blog por concordar com muitas coisas que ela escreveu, inclusive sobre este "absurdo" de procurarmos no Google soluções para todos os problemas com nossos filhos.

Pois é! Mas como o mundo dá muitas voltas, hoje estou aqui para me retratar com o Sr. Google.

Ontem meu filho mais novo estava brincando na área de lazer do condomínio, quando bateu a cabeça em uma árvore e na mesma hora formou um "galo" enorme, muito grande mesmo, como nunca tinhamos visto. Meu marido que estava com ele em casa, quando viu o "galo" na cabeça do menino ficou assustado e foi direto consultar o Dr. Google. Lá encontrou os sinais que deveria considerar grave para procurar um hospital e também o que fazer imediatamente para amenizar a dor e diminuir o problema.

Eu estava trabalhando e quando meu marido me ligou, embora eu tenha ficado muito preocupada, percebi que as coisas já estavam sob controle. Quando eu cheguei em casa, o Di estava deitadinho no sofá, com o "galo" gigantesco na cabeça porém ativo, sem queixas de dor e cheio de manha... do jeitinho que tinha que ser.

Eu, fui conferir com o Dr. Google, se o marido realmente tinha feito tudo o que era necessário. Tudo estava sob controle. Ainda assim preferi dormir com ele e acordar várias vezes de madrugada para ver se tudo estava ok. E estava!!!

Em hipótese nenhuma estou dizendo que a internet tem resposta para todos os nossos problemas e menos ainda que ela substitui o atendimento médico qualificado. Óbvio que meu marido não teria pensado duas vezes em levá-lo para o hospital caso percebesse a necessidade.

Mas também não posso negar que o Sr. Google é sim parte ativa na educação de nossos filhos e que em muitas ocasiões ajuda sim... mesmo não tendo filhos!!!

Que atire a primeira pedra quem nunca consultou o Google para ajudar com alguma dificuldade na educação ou saúde dos filhos. Que atire a primeira pedra quem nunca consultou o Google para amenizar alguma angústia relacionada a maternagem/paternagem.

Estou retratada!!!

5 comentários:

Juliana disse...

Sou mto fa do google e acho ser uma otima e rapida fonte. Mas temos q ter discernimento, pq principalmente com doenca ele trata mto ni generico e existem coisas onde cada caso e um caso.

Célia disse...

Realmente Re, o Sr Google direta ou indiretamente já faz parte da família....huahuahua.

Renata Palombo disse...

Com certeza Juliana... Devemos usar com muita moderaçao, principalmente qdo se trata da saúde de nossos filhos. Naonda para brincar...

Sabrina Nery Luz disse...

É minha flor, temos que saber peneirar né? Você tem toda razão! A internet ajuda muito, mas não tem respota pra tudo. Bom senso e um médico de plantão serão sempre necessários!! rsrsrs
beijos
www.jeitinhos.blogspot.com

Marcela disse...

olá querida adorei o texto passando para agradecer seu carinho deixados lá no blog já estou seguindo aqui e curtindo a fanpage beijos e volte sempre http://marcelaminhasartes.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...