quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Uma nova equação em um novo conceito

Postado por Renata Palombo
Escrito por Juliana Palombo
Fonte: Google Imagens

Pra quem não queria escrever nada a princípio, acho que a Juliana "pegou gosto" pela coisa. Segue mais um belo texto que ela escreveu. (Juliana também tem outros textos em nosso blog: A maternagem que surgiu pela maternidade e Um dia antes e vários depois).

Depois que postei meu texto recebi muitos comentários sobre o mesmo. Fiquei bastante feliz por saber que muitas pessoas se identificaram, pessoas que elogiaram, que se emocionaram, que apenas simpatizaram e um em especial que relatando sua própria experiência como mãe me levou a escrever mais um post.

Essa pessoa perdeu a sua mãe faz dois anos e alguns meses. Ela tem 26 anos, casada há um ano e mãe de uma preciosidade de 6 meses.

Essa perda irreparável a faz afirmar que depois desse acontecimento seu coração ficou sem quase sua totalidade e que optou ao invés de viver, sobreviver. Porém escolheu sobreviver mudando radicalmente a sua vida. Decidiu por em prática muitas das coisas que eram apoiadas pela sua mãe. Ela fez uma cirurgia que a mãe sonhava pra ela, mudou de emprego pensando em quanto essa mãe se orgulharia, comprou uma casa, casou com o modelo de vestido escolhido pela mãe, enfim, fez muitas coisas para se aproximar e tentar aliviar a saudade que é até hoje insuportável.


No entanto, como diz em um dos posts desse blog, temos que entender as entrelinhas de Deus. Foram tantas mudanças que inicialmente não a permitiu enxergar que coisas boas poderiam acontecer. E essa compreensão veio quando ganhou de Deus a chance de ser mãe, porque se sentiu recompensada pelo tamanho da dor que carregava.
Sabe que infelizmente sua mãe não voltará, mas que sua filha vem transformando toda essa saudade da maternidade, em um bonito processo da maternagem. “Hoje, portanto, ela fez um pacto de assumir um compromisso com a vida, com a felicidade e diretamente com a felicidade de sua filha. Hoje ela diz não pensar mais só nela e sim na família que está construindo. Deixa de lado tudo aquilo que a tornava egoísta para multiplicar com eles (marido e filha). E com isso tem tido o melhor retorno de todos: "Sua família voltou a sorrir". E aprendeu a ser mãe com a sua mãe, que se foi mas deixando o seu total exemplo.
Essa família criou uma nova equação em um novo conceito:
Filiação = Saudades da Maternidade x Capacidade de Maternagem
(Filiação é igual a saudades da maternidade multiplicado pela capacidade de Maternagem)


Uma das frases mais bonitas que ela me disse ao dividir sua história:
“O nascimento da minha filha foi oportunizado por Deus, não para que eu cuidasse dela e sim para que ela cuidasse de mim.”

6 comentários:

Karina disse...

Muito legal Ju, que história esta hein. Vou te confessar uma coisa, eu nao tenho tanto medo morrer como tenho de perder alguém muito querido. Sei que é um egoísmo maior pq na verdade nao quero ter que eu sentir a dor da perda, mas é assim que sinto. Que bom que nosso Deus é Maravilhoso e devolveu a ela alegria de viver. Bjos e parabéns pelo post

Sabrina Nery Luz disse...

Que lindo! Emocionante! Conheci seu blog no CmpB e adorei! Já estou te seguindo! Dá uma passadinha lá no meu cantinho também, vou adorar!!!

Adriana disse...

Que lindo este texto. Perder as pessoas é muito doloroso, e infelizmente não existe remédio! Mas com certeza a chega de outro nos dá força para seguir em frente e acredita que vida é isso. Meu sobrinho consegue me fazer pensar na vida... Beijos

geice disse...

nossa belo texto,e acredite em Deus sobre todas as coisas ele tem um plano pra tudo, a pouco menos de 3 meses estive com minha filha enternada numa UTI e digo se apenas omedo de perder ela foi cruel imagina perdendo então entendo muito bem esse texto... pois é passa lá no meu blog depois e conheça minha historia . Conheci seu blog no CmpB e ja estou seguindo ... beijos fica com deus ^^

Renata Palombo disse...

Sabrina e Geysse!, já estou seguindo vcs....

Célia disse...

Ju,que texto lindo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...