quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Mãe, no que você é craque?

Postado por Renata Palombo
Escrito por Karina Batista Jorge
Fonte: Google Imagens

Karina é mais do que uma amiga, é uma irmã!! Mãe muito antes do que eu é uma das pessoas que eu mais admiro enquanto no exercício da maternagem e em quem busco inspirações muitas vezes. Ela relutou muito para aceitar meu convite de escrever para meu blog. Um belo dia a madrugada lhe inspirou. Aí está o resultado de sua inspiração! Impossível não gostar de lê-la.

"Não é novidade pra ninguém que crianças adoram fazer perguntas. Meus filhos não são diferentes. Aliás estão numa fase terrivelmente ou, quem sabe poderia dizer, "engraçadamente"  perguntadora. Até quem está por perto fica intrigado, hoje alguém questionou: "Ele é sempre assim perguntador?"  Já ouvi comentários do tipo: "Nossa como ele é curioso, hein?". A verdade é que eles perguntam tanto que as pessoas parecem ficar irritadas com isto e tentam disfarçar com este tipo de comentário.

Acho que só mãe e pai mesmo pra se divertir com este tipo de coisa. É verdade que às vezes até a gente se irrita... Quando por exemplo a sessão de perguntas (digo sessão porque uma pergunta nunca vem sozinha, é sempre sucedida por outras) acontece no meio de um filme que você está tentando assistir, ou quando você está concentrado em um trabalho, ou no meio de uma crise de TPM. Mas, mesmo assim na maioria das vezes acabamos sucumbindo e muitas vezes mergulhando neste momento onde percebemos que nossos filhos já não são mais tão pequenos ou que ainda são tão ingênuos.

Aliás, através destas perguntas descobrimos muitas coisas sobre nossos filhos, por exemplo, do dia-a-dia deles, os programas de TV que estão assistindo quando não estamos por perto, as conversas que estão rolando entre os amigos, o que a empregada fala no telefone e se a professora diz palavrão na sala de aula. Descobrimos também o que estão sentindo, quando brigaram na escola, o que estão com vontade de comer, seus sonhos, seus medos e com o que realmente se importam. 
Enfim, se tivermos uma dose extra de paciência estas perguntas nos apresentam "um mundo deles" que de outra forma não teríamos acesso. É como um portal que eles abrem temporariamente permitindo-nos participar da "construção" de seus pensamentos, sentimentos, conhecimentos, de sua percepção de mundo. E que privilégio poder participar disto! E que responsabilidade... Como precisamos de sabedoria do Alto pra darmos as respostas certas!


O que eles não imaginam é que muitas vezes suas perguntas nos põe a pensar sobre nós mesmos, nossos comportamentos, hábitos, nossos valores.... Hoje foi um caso destes, meu primogênito teve que fazer um exame de EEG durante uma noite inteira, enquanto o enfermeiro estava colocando os eletrodos em sua cabeça ele iniciou uma de suas sessões de perguntas (aliás o enfermeiro foi quem comentou sobre como ele era perguntador, rsrs). A última pergunta que ele fez foi: "Mãe, no que você é craque?" "No que eu sou craque, filho?" "Éh mãe, você já sabe no que eu sou craque, mas agora quero saber e você ainda não me respondeu, no que você é craque?".  Neste momento minha mente deu um nó, por que esta pergunta agora? O que ele espera ouvir? Minha resposta foi: "Ah filho, não sei, tenho que pensar, agora fica bem quietinho pro enfermeiro conseguir colocar os fiozinhos na sua cabeça, depois te respondo".

Fiquei pensando: "Será que aquilo em que sou craque é o que realmente eu deveria ser?" Eu acho que não sei no que sou craque... ou talvez já saiba mas eu mesma não tenha ficado satisfeita com a resposta que eu daria...

Agora são 02:30h. da madrugada, ele está dormindo com todos os fiozinhos bem grudados em sua cabecinha, mas uma coisa ainda está solta, uma pergunta: "Mãe, no que você é craque?"."

6 comentários:

Juliana disse...

Adorei o post. Diga pro seu filho que vc e craque em distrair maes de primeira viagem nas mamadas da madrugada com boa leitura. Espero qndo chegar nessa fase tenha respostas sabias. Hj to na fase de eu perguntar. Ex: filho pq chora assim? Pq dorme o dia todo e fica acordado na madrugada? Pq uma noite mama dez minutos e dorme tres horas e na seguinte mama tres horas e dorme dez minutos? Ai ai... Vivendo as fases. Ah e qndo descobrir no q e craque divida conosco, certamente quem e leitor assiduo do blog ficou curioso. Bj

Anônimo disse...

Éh Ju? Que bom que gostou e que foi útil na madrugada . Imagino que com um bebezinho em casa vc esteja mesmo fazendo mtas perguntas, afinal passei por isto duas vezes e quero te dizer uma coisa: pras mães essa fase nunca acaba, faremos perguntas sempre, nossas duvidas e questionamentos nao tem fim, a diferença é que a maioria de nossas perguntas nascem e morrem em pensamentos pq nem a ciência consegue dar respostas. A dica é confiar na intuição materna. Bjao

Solange disse...

Toda mãe é craque em sentir quando algo não está bem com nossos filhos. Toda mãe é craque em passar noites em claro quando eles estão doentes e somos craques em ter paciência para responder a todas as perguntas que eles nos fazem, com muito carinho...
Minhas filhas já são adolescentes e descobri que a cada dia continuo aprendendo muito com elas..
Beijos para a mamãe craque.

Renata Palombo disse...

Solange, vc é craque em descrever no q as mäes säomcraques...Rsrsrsrsrs adorei sua participação.

Sandra M B Oliveira disse...

Então Renata, eu não diria que sou craque, mas acho que tenho a percepção de que quando as coisas não estão bem para o lado deles; hoje os dois são casados, formaram uma nova família, mas quando os vejo, sinto quando algo não está bem, mas tb não vou direto ao assunto, fico rodiando e depois tento entrar no assunto de uma forma bem sútil, porque apesar de tudo: "sou sogra"; quando posso ajudo, quando não, sofro calada e rezo pedindo ajuda ao meu Deus para que interfira no meu lugar. Qiuando leio os cometários que vcs fazem a respeito dos filhos pequenos bate uma nostalgia! Por isto um conselho: procurem e devem curtir enquanto podem, porque quando começamos receber os(as) agregados as coisas mudam e muito. Bjs

Renata Palombo disse...

Puxa, Sandra! É tao bom ler isso... As vezes ser mae de crianças é tao desgastante q desejamos q cresçam logo. Mas vc está certa. Devemos curtir muito todas as fases!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...